Há dois mil anos e poucos,                                                   

Uma criança especial nasceu .                                                  

Seus pais o amavam muito.    

E os profetas diziam ser Ele o                                              

Filho de Deus .                                                                                                                   

Criança esperta e inteligente,                                   

pode bem cedo notar                                                                         

Que as pessoas estavam erradas,                                           

Matavam, roubavam e cobiçavam                                       

Quase sem nenhum pesar.                                                     

Propôs ao Mundo  uma solução,

Contando  histórias como lição,

De Amar a Deus  como Pai 

E ao próximo como irmão

Muitos amigos o seguiram,

Resolveram lhe ajudar .

Levando o nome de Deus,

Com infinita bondade,

Iam sem distinção revelando a VERDADE..

Doentes , cegos e aflitos,

Acreditavam que Ele podia curar sua dor,

Mas Ele sempre dizia : 

Quem cura é a fé e o AMOR .

Aos pecadores  perdoava .

Aos famintos alimentava.

As dores balsamizava .

Sempre em nome do Pai,

Acolhia quem Lhe procurava.

Sua obra Soberana,

Começava a aparecer

Invejosos e  hipócritas,

Temeram perder o poder.

Onde anda este Homem ?

Apaguem a sua Luz ! 

Ele é um Charlatão !

Matem , matem, este tal de JESUS !

Na cruz Ele foi pregado,

No seu rosto alguém cuspiu,

E Nem assim se revoltou,

E perdão pelos seus assassinos pediu.

Sempre com muita humildade,

Sua Vida cessou. 

E nos Braços do Pai Maior

A Humanidade entregou.

A sua Obra ficou,

E fez RESSUCITAR a fé,

E até hoje consagramos,

Este Mestre,

Este Irmão, 

A JESUS DE NAZARÉ

(Patricia Bolonha pelo espírito que se apresentou como João de Deus em 2002 quando iniciou suas atividades voltadas para a evangelização da  infãncia e juventude, e que mais tarde após muitos trabalhos em “equipe” pelas suas descrições foi identificado como DOM JOÂO BOSCO, nome adotado em  sua vida anterior, também conhecido como “Apóstolo da Juventude”.  )

Os verdadeiros Homens de Boa Vontade, não serão reconhecidos  pelos interesses próprios, mas pela atuação em benefício da coletividade.

If you're new here, you may want to subscribe to my RSS feed. Thanks for visiting!